BRINCANDO DE JOGAR AMARELINHA

BRINCANDO DE JOGAR AMARELINHA

Já jogo de amarelinha? Quem não!
Lembro que na minha região em Argentina se chama ‘tejo’; jugabamos al tejo siempre! É tão bom brincar quando criança, não é?

Mas, quem disse que não podemos brincar mais quando adultos? Parece que ninguém decretou isto, mas sentimos que a vida de adulto chega com mais obrigações e responsabilidades e deixamos os jogos de lado.

A vida me parece ser como jogar amarelinha: vejam que temos um desenho gráfico que poderia ser comparado ao mapa de nossos planos e projetos; há um céu que temos que atingir sem errar e na vida também temos um céu que, segundo dizem, é a coroação dos nossos acertos na vida e que poderíamos chamar de ‘sucesso’.
Para brincar é necessário jogar uma pedrinha e acertar um número, sim o jogo tem retângulos e números, e depois ainda pular com uma perna ou com as duas dependendo de onde ela a pedrinha cair e nós não podemos cair! Exige técnica, atenção e determinação porque se caímos uma vez começa tudo de novo!

Pensando bem é assim com quem quer ser bem sucedido.
Há que fazer planos, estabelecer metas e traçar estratégias e depois de tudo isto jogar as pedrinhas para ver onde caem, ou seja, ir fazendo o trabalho sem errar; às vezes teremos que pular numa perna só, outras nas duas ao mesmo tempo; e assim ir trilhando o caminho que estabelecemos até atingir o céu.

Claro que a amarelinha é bem pequena em tamanho comparada com a vida, se bem que lembro que havia coleguinhas que nunca chegavam a ele, e provavelmente levemos bastante tempo dependendo da dedicação e da perseverança que tenhamos. Se jogar tudo para o alto e abandonar a brincadeira da vida nunca chegará ao céu! Podemos jogar todos os dias se quisermos ou parar e descansar.
Tem gente que passa mais tempo descansando do que brincando, ou seja, passa mais tempo falando, se queixando, reclamando ou achando tudo difícil em vez de entrar no jogo da vida e simplesmente jogar.

Se tiver perseverança certamente atingirá o que se propôs independente do tempo. Dedicar-se ao trabalho é como treinar bastante o jogo.

Quem mais pratica adquire mais experiência e já está provado que a repetição das ações ajuda a tornar-se expert no assunto.

Nestes tempos em que as crianças em sua grande maioria já nem conhecem essas brincadeiras porque não brincar você chamando seus amigos, irmãos e relembrando desse tempo legal. Isto pode fazer com que seu cérebro traga ao momento atual a ativação dos setores que ficaram relegados ao abandono porque não são mais usados.

Jogar amarelinha pode ser o que precisa para estimular a formação de planos e alcançar suas metas. Lembre do céu! Veja suas estratégias como o que fará possível chegar a ele; e cada pulo como cada dia as tentativas de crescer e evoluir tentando não cair.
Mas, se cair não faz mal! Levante-se e comece de novo! Na hora certa conseguimos!

Com amor da amiga Rakel Possi.

 

Comente

Sobre Rakel Possi

Psicóloga e Practitioner em PNL. Autora de diversos livros, ela assumiu a missão de preparar e ajudar pessoas e organizações se adaptarem melhor ao momento do universo. A competência com foco no desenvolvimento humano e ecológico é o seu forte. ___ En español: Psicóloga y Practitioner en PNL. Autora de diversos libros, asumió la misión de preparar, y ayudar, personas y organizaciones a adaptarse mejor al momento del universo. La competencia con foco en el desarrollo humano y ecológico es su fuerte.

Idiomas

Facebook Rakel Possi

Newsletter Rakel Possi

Newsletter Rakel Possi Faça parte! Já somos 3 139 assinantes.
Forme parte! Ya somos 3 139 suscriptores.

Seu/Su idioma:

Não enviaremos emails e ofertas de terceiros.
No enviaremos emails y ofertas de terceros.